segunda-feira, 27 de setembro de 2010

FESTA DE UM ANO DA TITULAÇÃO DO QUILOMBO DO SILVA

o ultimo sabado, 25/09/2010, foi celebrado PRIMEIRO ANO DA CONQUISTA DA TITULAÇÃO DO QUILOMBO DA FAMILIA SILVA. Atividades como teatro, escola de samba, Mestre Chico e seu samba de raiz estiveram presentes nesse dia tão importante para a História num sinal de que a luta pela dignidade, pela moradia, pela memória é realidade na vida da Familia Silva e companheiros de luta pela causa da liberdade.

Charles Brito e Daiane Marçal


VEJA ALGUMAS FOTOS DESTA FESTA




VIDEOS QUE MOSTRAR A REPRESSÃO POLICIAL NO QUILOMBO DO SILVA

Assista ao vídeo onde os quilombolas denunciam a perseguição policial
e as agressões no dia 25 de agosto:

http://coletivocatarse.blogspot.com/2010/08/moradores-do-quilombo-dos-silva-afirmam.html

http://www.youtube.com/watch?v=sauyqIuU_NE

A CARNE MAIS BARATA DO MERCADO É A CARNE NEGRA!

DENÚNCIA: AÇÕES NAZIFASCISTAS DA BRIGADA MILITAR - RS

QUILOMBOLAS DA FAMILIA SILVA SÃO VIOLENTAMENTE AGREDIDOS DENTRO DA TERRITORIALIDADE QUILOMBOLA!

No dia 25 de agosto de 2010, os moradores do primeiro Quilombo Urbano titulado no Brasil, o QUILOMBO DA FAMILIA SILVA, exemplo de resistência histórica da nossa comunidade negra, sofreram brutal repressão da Brigada Militar do nosso Estado.
Situado no bairro Três Figueiras, zona nobre de Porto Alegre, os Quilombolas da Familia Silva vem convivendo com ameaças constantes e seguidamente são violentados nos seus mininos direitos de cidadania, como o direito a liberdade de ir e vir.
Qualquer anormalidade ocorrida nas cercanias da região, leva a BM diretamente ao Quilombo, partindo da premissa de que em sendo negros e pobres, são suspeitos, sendo por isso criminalizados.
O racismo institucional vigente no nosso País, que defina ações de repressão aos excluidos, conduziu a BM a invadir de maneira truculenta as casas dos Quilombolas, expondo crianças, idosos, homens e mulheres trabalhadores/as à violência fisica e moral, fatos que relembram os tempos do Brasil Colônia onde os negros era persegiudos e castigados por lutarem pelo seu espaço de liberdade.

A HISTÓRIA SE REPETE. DAÍ NOSSA INDIGNAÇÃO
Após 122 anos da proclamação da Lei Áurea, não podemos mais conviver com a truculência do nosso Estado repressor. Exigimos respeito às nossas raízes, tradições e culturas milenares!

CHEGA DE VIOLÊNCIA AOS NOSSOS IRMÃOS QUILOMBOLAS!

Reportagem Especial "Quilombo da Família Silva"

Loading...